Quem sou eu

Minha foto
Vou mostrando como sou, e vou sendo como posso, jogando meu corpo no mundo ...

26 de março de 2015

Aquarela de sonhos





Sonhos, cores inocentes
nascidas da candura risonha
de uma criança feliz,
um cão brincando sozinho
adornados em laços de ternura,
nas suaves correntes de carinho.

Com as cores dos bons sonhos
extraio os perfumes da vida,
distribuo amores, com flores
deixo feliz uma página branca
planto a gratidão na grama
na real ilusão do meu mundo.

Na cor do meu afeto,
jogo pássaros arco Iris no céu
refloresto a vida com pincel
não permito o enfadonho
tinjo com alegria os anos
em uma aquarela de sonhos.

Daniel André

19 de março de 2015

Ao amor


As janelas do meu coração
sempre estarão abertas:
bem vindo amor!

Encontre-me
entre, me liberte
deixe que eu seja teu
chama-me de meu
é o meu amor
é o seu amor,
que devem se encontrar.

Bem vindo amor,
durma do meu lado
respiremo-nos
acorde
no meu beijo
no laço de línguas
em mim,
te desejo tanto ...

Ao amor, seus encantos
e completude,
que se propaguem
e encante-me sempre,
assim darei versos
de alegria de amar.

Um brinde especialmente,
ao amor, tim tim !


Daniel André