11 de dezembro de 2011

Lágrimas da serra


Que mar foi esse
despencado na serra
destruindo maravilhas
imperando um cenário
de guerra.

Das montanhas decepadas
descem casas
rios de drama
sonhos enterrados
sopa de lama

Ainda tudo inerte
o sol volta a brilhar
descortinando o medo
luzes de esperança
a ressuscitar.

Daniel André


Na madrugada de 11 de janeiro de 2011, Nova Friburgo, uma das três grandes cidades da serra fluminense, foi a que mais sofreu com as chuvas de verão. A cidade foi devastada pelas cheias dos rios, deslizamentos das encostas, contabilizando oficialmente em todo o município mais de 400 vítimas fatais e mais de 300 pessoas desaparecidas em decorrência das enchentes e deslizamentos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário