10 de julho de 2013

O Grito




A bomba relógio no meu corpo,
Está em contagem regressiva a explodir
Sentimentos reprimidos, desejos arrancados
Um leão raivoso querendo rugir.


É como um mudo com fome de verbos,
Ou um paralítico que sempre quis correr
Muralhas dificultosas, agora alcançadas
Minha voz vociferante irá ensurdecer


Ouçam o meu grito de indignação
Gritem para o mundo se libertar
Do mal poder, das hipocrisias, preconceitos,
Das pessoas que não te deixam acordar.


Gritem como um trovão para a falta de respeito
Para a ingratidão que te deixa insatisfeito
Mostre a grandeza de suas cordas vocais
Diante de tudo que consideramos banais.

 
Meu grito, nosso grito é de alerta
Até que a rouquidão possa vir a aparecer
Gritarei, lutarei com bravura, sem medo
Deixando todos em minha volta a enlouquecer.


Daniel André

5 comentários:

  1. Gostei dos versos. seja bem-vindo ao google+
    Já seguindo o seu blog via google friend.
    Passe no meu e deixe a sua opinião. Me é importante.
    Abraços
    Sálvio Sérgio
    http://salviosergiocampos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Lindo e forte teu grito. Bem vindo ao G+

    ResponderExcluir
  3. Caro colega e amigo Blogueiro,

    em primeiro lugar fico grato por sua gentileza de visitar meu espaço que, ultimamente anda tão esquecido por mim...............rs, e me honrar com palavras tão elegantemente colocadas.

    Li seu lindo poema, com palavras que de uma forma grata pela surpresa também revelam o que sinto agora em meu coração.

    Te desejo saúde. sorte, alegria, dinheiro e muitos outros poemas que possam alegrar não somente o meu, como o coração de todos que te visitam aqui neste lugar tão especial e bem tratado por você.

    Um grande abraço fraternal.

    Saudações por sua presença engrandecedora.

    Do amigo e colega blogueiro.


    Fábio Luís Stoer

    ResponderExcluir
  4. OI... vim te visitar, e resolvi ficar...
    E te digo mais:
    "Grite com a alma e o coração liberto de preconceitos, tabus, duvidas...
    Grite bem alto para seu coração ouvir..."
    Vou ficar por aqui um tempinho para espiar o seu cantinho.
    bjs
    Ritinha

    ResponderExcluir
  5. E que faça ouvir tua voz através de seus poemas Daniel. Compartilho do mesmo grito. Parabéns pela belíssima poesia... forte, profunda e de um apelo ao belo e novo. Adorei ... um forte abraço meu amigo !

    ResponderExcluir