16 de julho de 2013

Café da manhã apaixonado



Acordei-te
com um apaixonado bom dia!

Aqueles abraços enroscados
respiração lenta,
beijinho gostoso,
trocas de carinhos no rosto,
e a terrível preguiça de sair da cama.

Tive que ir à padaria,
comprar deliciosos sonhos
com recheio dos nossos sonhos,
broa de milho, dois pães,
queijo minas, frutinhas silvestres
e uma flor amarela sol
para o nosso banquete especial,
com o gosto de café forte, 
alimentando corpos quentes.

Comemos igual duas crianças,
beijávamos igual adultos
o tempo corria, sumia
não ligávamos para ele,
apenas na conexão, 
no fio condutor de nossas almas.

Voltávamos a nos amar,
o fim de tarde, já estava a raiar,
nossos corpos inseparáveis
ali colados pelo romantismo,
na intensidade e fome de ficar,
até que o próximo bom dia,
pudesse nos despertar.

Daniel André.

7 comentários:

  1. Bom dia!!!
    Que delícia de despertar, heim?
    Um dia serei acordada assim.. (rs*)
    bjks
    Ritinha

    ResponderExcluir
  2. Realmente despertar assim é como sonhar acordado, maravilha, teu poema me fêz recordar lindas passagens de minha vida

    ResponderExcluir
  3. [ahh não me acorde, rs]

    boas festas.

    beij0

    ResponderExcluir
  4. Um poema que desperta desejos!
    Lindo Dan!Parabens!

    Beijos meus!

    ResponderExcluir
  5. Oi Daniel
    Eu acordo todos os dias com um cafezinho fresquinho e uma beijoca e só, ainda tenho sono.kkk
    A minha postagem foi apenas um conto que inventei, agora deixo você fazer a dos homens.
    Traição é safadeza. O que era bom ficou azedo?
    Bem, eu nem pensei o que faria, eu acredito que mandaria dar um sova nos dois e ruaaaaaaaaaaa.kkkk
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  6. Pois, dizia o meu pai que todo sonho nos traz alegria. Se o sonho for bom, a alegria de tê-lo vivido; se o sonho for mau, a alegria de acordar.
    Que teus sonhos continuem te trazendo alegrias.

    ResponderExcluir

Agradeço a sua visita e comentário. Abraços, Dan.