16 de julho de 2013

Sorriso de lado

Seu sorriso de lado,
É um malicioso anzol na carne
Ou uma isca desprevenida,
Vagueando os mares da vida?

Seu sorriso de lado,
Esperança e fortaleza
Contigo do lado
Não existe fraqueza.

Seu sorriso de lado,
Carrega diversos mistérios
Arranca meu embaraço
Deixa-me no refrigério.


Daniel André.

5 comentários:

  1. oi...
    As vezes é tão gostoso olhar para a pessoa que amamos e ver aquele sorrisinho de lado que nos incita a desejar algo mais, não é mesmo?
    bjs
    Ritinha

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde Daniel.. to sempre na ativa.. não sumo não garoto.. acho que tenho que arrumar a tua atualização aqui devo ter me passado.. me desculpa logo ajeito.. então sobre o sorriso é bom demais alguem assim na nossa vida.. gostei da parte da fuga e tartaruga fiz justo uma poesia para a tartaruga a dias atrás e usei esta rima.. um lindo dia pra vc até sempre

    ResponderExcluir
  3. Bom dia André,
    Não fique triste, pena você não ter pegado a minha juventude. Hoje o sofrimento começa muito cedo.
    Acordei tarde, cansaço físico e mental. Tenho uma ótima postagem.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  4. que nunca percas o rumo deste sorriso que te faz escrever poemas tão lindos contendo de ternura e mor beijos e continuação de um bom sábado

    ResponderExcluir
  5. Olá André,

    gosto deste jogo de palavras no inicio das estrofes.

    Dá um ritmo e uma continuidade muito pertinente e ressalta a intenção do mote principal.

    Gostei, mesmo!

    Um abração carioca.

    ResponderExcluir