2 de março de 2014

Balões

 
Em um céu nublado por mitos
Enraizados de cinzentos preconceitos
Tingem os balões de sabedoria
Colorindo a atmosfera de respeitos.

Por um véu de extrema ignorância
Mentes vazias são cobertas
Na vastidão de leigas nuvens
Haverá um sinal de alerta.

Quando um horizonte se expande
Para novos conhecimentos
Um balão se desprende da alma
Ganhando liberdade de pensamentos.

Liberto meu balão na aurora
Da benevolência de outro encontrar
Impulsionado por ventos distantes
Em igualdade podendo amar.

Embalados no cortejo da luz
Esperanças infladas se reunindo
Na brisa dos pacatos Elísios
Balões de harmonia vão surgindo.


16 comentários:

  1. Flap flap flap flap flap flap flap flap flap flap flap (aplausos)

    ResponderExcluir
  2. Que maravilha nunca ter limites para sonhar,deixar nossos pensamentos livres como balões coloridos no céu :) lindo lindo Daniel *-*

    Grande Abraço!
    Estrela,Flores...Melancia

    ResponderExcluir
  3. Olá, queridíssimo Dan!

    Nossa! Agora, vou usar português do Brasil, para me expressar, porque só assim, o "negócio" vai sair, direitinho.

    Antes, quero perguntar (não é para você me responder), quantas namoradas você tem? Sabe que esse seu jogo de palavras, essa sua ternura, esse, quero sempre mais, esse, estou aqui só para ti, e ainda por cima, é brasileiro, me levam a pensar que você tem de ser, é, e merece ser um "minino" muito feliz e amado.

    Como você é gago, então, ainda a "coisa" fica melhor, porque você leva muito mais tempo a dizer as frases, e aliás, até repete sílabas, porque é próprio da gaguez, e então aí, não dá para controlar impulsos. Não quero que você cante, e deve cantar muito bem, porque assim, as palavras sairiam de sua boca bem rápidas. Não, eu quero gaguez, portanto, vai demorando, para que eu possa sentir a cor e o sabor delas.

    Sabe que a vida é multifacetada, e daí, por vezes, termos pequenos obstáculos, que temos, naturalmente, que ultrapassar, lindo "minino", moreno, gago e brasileiro. Você tem um porte de causar inveja a qualquer APOLO.

    Quanto ao seu poema, fico vidrada nas suas palavras, porque balões de sonho, deveriam povoar nosso universo, e até poderíamos voar com eles, de mãos dadas.

    Hoje, domingo de carnaval, que viva a folia e alegria, porque ainda temos 362/3 de coisas menos felizes e risonhas.

    Aqui, em Lisboa, está chovendo e faz frio. Somos fustigados, há meses, consecutivamente, e acredita, meu querido amigo, que estou esperando a primavera, como "pão para a boca", se diz por cá, essa expressão.

    QUERO SOL, DIAS E PESSOAS QUENTES.

    Adoro você.

    Um beijo, com ternura e amizade, dessa Luz, que está para além do oceano.

    ResponderExcluir
  4. Oi Daniel
    Passando para lhe desejar um ótimo carnaval, demorei no comentário porque deu problema no código dos Comentários Recentes.
    Beijinhos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  5. Os mitos tanto servem para brincar com uma realidade ou para camuflá-la. Sabe aquele ditado que dizem por aí: "É brincando que se diz as maiores verdades"? Isso mesmo, por meio dos mitos e lendas mesclamos realidade e fantasia.
    Que poema Meu Lindo Poeta!
    Concordo com a LUZ e cheguei até imaginar a cena onde você desperta os impulsos com sua gaguez e porte que causa inveja no deus grego Apolo. Aaaiiiiiiiiiiiiiiiiii...paro por aqui, voando, me deixando soprar, impulsionar pelos Elísios.
    Beijão na testa (hoje suspirando)!

    ResponderExcluir
  6. Uma bela alegoria entre um céu de preconceitos, e um outro céu de balões coloridos de respeito e esse desejo de voar ao encontro do outro, por esse caminho de luz que permite a igualdade e o verdadeiro amor.
    Onde existem véus de ignorância que vivem de relações de poder e autoridade o amor não vinga.
    Tenho a certeza que a tua mente é linda e que viaja, viaja muito espalhando perfume sobre o mundo e arredores. Sobre o porte de Apolo não vou dizer nada...:-)
    Um belíssimo poema, Daniel. Como sempre.
    xx

    ResponderExcluir
  7. De fato, os sonhos nos tornam mais completos qd nos deixamos orientar-se por eles! Lindo poema. abraço.

    ResponderExcluir
  8. Boa noite Daniel André

    Fabuloso este teu poema., Gostei muito.

    Feliz Carnaval
    Beijos

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  9. É tão bom quando nossos pensamentos se cruzam com outro e se identificam, magia. Linda poesia meu rei e de sonhar nós jamais desistiremos, somo eternos sonhadores. Um bj bem grande pra ti.

    ResponderExcluir
  10. Bom dia Dan, bom feriado de carnaval a você, lindo poema.
    "Sonhar é bom, é como voar suspensa por balões"
    beijos

    ResponderExcluir
  11. uma vida para ser plena e abundante não pode estar limitada a nada ...

    ResponderExcluir
  12. Bom dia meu amigo Daniel.. uma grande verdade.. este véu que nos cobre e é dificil de tirar.. temos que lutar muito com nós mesmos para abrir os portões da alma e deixar ela fazer as escolhas certas , não as que querem que acreditamos.. abração poeta
    ótimo feriado

    ResponderExcluir
  13. Balões que se soltam em quereres sem horizontes e de cores vestidos.


    Bela poesia.

    Beijo

    ResponderExcluir
  14. Oi Daniel
    Agradeço os mimos da sua gentilezas. Eu cheguei do médico a pouco cansada da viagem. Depois vou descansar.
    Beijinhos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  15. Oi Daniel
    Estou só esperando acertar algumas coisas aqui na blogosfera, vou sumir, pois já estou de"- "sacu xeio".
    A dor física um dia passa com a morte, mas a espiritual não.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir