15 de dezembro de 2013

Que culpa tem meus olhos?



Que culpa tem meus olhos,
Se escolheram o seu jeito,
De se conduzir pelo mundo,
Com um sorriso perfeito?

Que culpa tem meus olhos,
Encantados por te amar,
Perdido no mel dos seus olhos,
Lágrimas dóceis se apaixonar ?

Que culpa tem meus olhos,
Se viajam nas suas palavras mansas,
Um conjunto de notas melódicas,
Que convidam-me para uma dança?

Que culpa tem meus olhos,
Se te veem como meu mundo,
Mesmo descansando as pálpebras,
Te encontro em poucos segundos?

Que culpa tem meus olhos,
Se não me mostram o que é incerto,
Enganando meus sonhos românticos,
Deixando meu coração mais cego?

Daniel André



21 comentários:

  1. Ah André... escreveu pra mim foi? Leu minha alma foi? Pois me vi totalmente e inteiramente nestes teus versos querido, nossa... senti... Maravilhoso! Um bju querido.

    ResponderExcluir
  2. Oi André,
    Linda poesia, um pouco triste.
    Que culpa eu tenho de gostar daqui??
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  3. Que culpa temos nós de gostar de quem gostamos? O nosso coração é teimoso e tem tanta mania de independência...!...:-)
    Um poema lindo, André.
    xx

    ResponderExcluir
  4. Olá André! Acho que a culpa recai sobre aquilo que gostamos, por fazer com que gostarmos. Rsrs. Belo poema amigo. Parabéns!

    Abraços,

    Furtado.

    ResponderExcluir
  5. Oi André! Passando para te cumprimentar e apreciar este teu belo e profundo poema.

    Abraços e uma ótima semana para ti e para os teus.

    Furtado.

    ResponderExcluir
  6. Boa noite André

    "Que culpa tem os meus olhos".... ai jesus.. eu amei este poema...Incrível... Identifico-me com ele.....Parabéns.

    Beijinhos
    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  7. Daniel André, romântico, te parabenlizo! Deus te abençoe!

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Que lindo poema, Dan!
    Ah os olhos...Os olhos dizem tanto, não é verdade? Sã tao sensíveis, que enxergam os sentimentos a olho nu enquanto desnudam o coração apaixonado.

    Delícia ler versos tão romântincos! Muito lindo. Parabens, poeta romântico.

    PS:Ah!Mt obrigada, meu querido, pelos doces comentários, viu? Vc é mesmo um amor! Dois respondidos, ok?

    PS2:Deletei o primeiro pq fiz tremenda confusão! A conexão aqui é péssima esse horário e deixa a gente biruta. rsrs

    Beijão, Dan e até mais!

    ResponderExcluir
  10. Os olhos que "expressam" mais que palavras e que calam simplesmente na alma!
    Perfeito;
    Beijo.

    ResponderExcluir
  11. Apreciado e roubado, melhor, emprestado
    para no facebook ser compartilhado, é claro,
    com os devido crédito dado.

    PS: Filha de Juca com pelos no suvaco para mim é nova kkk.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  12. Você me acha aqui --> https://www.facebook.com/cchamun

    ResponderExcluir
  13. Pense que as vezes um olhar é capaz de traduzir um sentmento.
    Um olhar seduz
    Um olhar gela um coração
    Um ohar incendeia uma vida.

    bjs
    Excelente semana
    Ritinha

    ResponderExcluir
  14. *_* Que lindo, Daniel.
    Oque é ditado como padrão de beleza , nunca influenciará o amor, os olhares de alguém que ama serão sempre distintos.
    :)

    ResponderExcluir
  15. O culpado é o coração!
    Boas Festas!

    ResponderExcluir
  16. Daniel:

    Continue escrevendo com sua alma, encantador.

    Linda semana.

    Beijoliterário.

    ResponderExcluir
  17. Olá Parabéns pelas postagens no blog, estou te seguindo, esteja a vontade para conhecer Literatura
    beijos

    ResponderExcluir
  18. Que culpa tem os meus olhos se sempre se encantam com os escritos de seu coração?

    Lindo texto Daniel.

    Mostra também a delicadeza e imensidão de tua alma.

    Desejo um 2014 abençoado pra vocÊ!

    ResponderExcluir
  19. Parabéns querido! Os olhos do coração são difíceis de enganar.

    Feliz 2013! Abraços!

    ResponderExcluir