10 de dezembro de 2013

O irmão mais velho



Carregava a responsabilidade,
De ir comprar o pão e o leite,
De levar os irmãos à escola,
Seu tempo de jogar bola,
Terminou em incontáveis manhãs.

Teve a função de chefe da casa,
Trabalhava e ninguém perguntava,
Dos seus sentimentos em brasa,
Escondidos para mostrar segurança,
Numa moradia sem governança.

Dotado de um amor sem igual,
O irmão mais velho não reclama,
Aceitou seu destino sem dramas,
Ganhou de presentes as lembranças,
De seus irmãos e suas crianças.

Daniel André.


23 comentários:

  1. Lindo e sentido!
    Deixa-me dizer-te que revi um pouco da minha infância no teu poema, antigamente era assim...Adorei... Parabéns

    Tem um dia feliz..Beijo

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  2. Uma responsabilidade que o vai acompanhar na vida.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. oi Daniel

    Ainda hj vejo muitas crianças fazendo isso, quase todos os dias me deparo com dois irmãos que levam sua pequena irmã para a creche.Faça chuva, faça sol lá estão os três.

    tenha um ótimo dia =)

    ResponderExcluir
  4. Que bonito sentir aqui que o amor é o significado na vida.

    beij0

    ResponderExcluir
  5. Daniel, o teu comovente e belo poema fez-me voltar à minha infância e adolescência. A minha mãe tinha que trabalhar até cansar para alimentar, vestir e educar três filhos sozinha. Eu sou a filha do meio, mas como o mais velho era rapaz e não estava virado para ajudar em nada, fui sempre eu a ter esse papel de ir ao pão e ao leite, limpar a casa, cozinhar a partir dos doze anos.Apesar das dificuldades, sobretudo financeiras, foram os melhores anos da minha vida, porque havia muito amor, uma educação para os afectos. Fiquei adulta muito cedo, e a verdade é que as dificuldades ajudam a tornares-te grande nas pequenas coisas e ver o que realmente é importante.
    Já tinha saudades da tua poesia.
    xx

    ResponderExcluir
  6. Boa tarde meu saudoso amigo.. quantos lares tem o irmão mais velho como chefe da casa.. e isso é louvável pq tb dá a pessoa responsabilidades e os frutos vão ser colhidos lá na frente por este se obrigar a seguir o certo caminho.. abraçaõ e até sempre

    ResponderExcluir
  7. Mesmo sendo irmão , mais velho já com uma função tão
    árdua.
    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá Daniel,fez eu lembrar da minha infância.
    Era eu que olhava meu irmão que levava ele pra escola.
    Lindo amei seu texto.
    Boa noite beijinhos.

    ResponderExcluir
  9. Olá meu amigo lindo, tudo bem? Olha, ser irmão mais velho é sempre ter responsabilidade, é dá exemplo é cuidar dos mais novos e muitos ajudam a mante-los quando crescem, muitas vezes abrindo mão dos prazeres da vida em função dos irmãos querido. Adorável, assim como vc. Um bjão e obrigada por tuas visitas que são sempre motivo de alegria pra mim.

    ResponderExcluir
  10. Que lindo,Daniel.

    Seu poema me fez lembrar de meu irmão,que cuidava de nós como um pai. Mas a recompensa é o amor que os menores conservam e um aprendizado para o irmão que cuida dos outros.

    É doação,amor, beleza de caráter .Como vc,amigo querido.


    Beijinhos

    Dryka



    Blog Suas Histórias Nossas Histórias

    ResponderExcluir
  11. Oi,Dan.

    Obrigada por me ajudar na votação de meu blog. Sempre que puder repita até amanhã,dia 11.Vote mais vezes e peça a amigos que façam o mesmo,ok?

    Sempre 5 vezes o número 634.

    Mesmo que eu não vença,estou feliz por ter conhecido meus verdadeiros amigos como vc,meu anjo.



    Beijinhos

    Dryka



    Blog Suas Histórias Nossas Histórias

    ResponderExcluir
  12. Belíssimo poema, porem não tenho tais recordações, mas fico imensamente feliz em saber que muitos vão tr essas deliciosas lembranças dos irmãos mais velhos, enfim da convivência.
    Bom demais.
    bjs e obrigada pelo carinho

    Ritinha

    ResponderExcluir
  13. Oi Daniel,
    Sempre sobra para os mais velhos...Coitados, sofrem calados.Quer saber quando o nosso parceiro(a) nos ama? É só comer um saco de sal juntos.kkk.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  14. Olá, Daniel!

    Acho que você sumiu primeiro, e durante um bom tempinho, e depois, fui eu, por motivos profissionais. Pensei mesmo que a temática de meus poemas não interessasse a você, o que eu compreenderia, perfeitamente.

    Ainda bem que reaparecemos, prontos para haver comunicação.

    Eu não tenho irmãos, nem irmãs, e por isso, talvez não consiga dar o devido valor a ser o/a irmão mais velho.

    Seus versos demonstram tudo o que é ser irmão mais velho. Acho que é uma proteção e responsabilidade, simultâneas.

    Lindo dia.

    Beijos da Luz.

    ResponderExcluir
  15. Oi Daniel,eu tenho uma única irmã e mais velha,à ela devo muitos ensinamentos que hoje os coloco em prática..
    bjs amigo e obrigada pela vista
    Carmen Lúcia-mamymilu

    ResponderExcluir
  16. Querido Dan!

    Bonita essa historia de ser irmão mais velho, mas deve ser dureza, porque eles acabam virando adultos muito cedo e por vezes, fica um pedaço da infância para trás. Sou das mais novas, mas acredito que a responsabilidade dobra-se quando se chega na frente. Sem contar que é a primeira experiencia dos pais. Depois que chegam os outros, o irmão mais velho vira pau pra toda obra, como dizem por aí!
    Mas é tudo compensador pelo vínculo tão bonito que é feito nesse tempo de doaçao; e pelo amor tão grande que a tudo transcende.

    Parabens pelos versos sempre tao lindos e cheios de sentimentos.

    Beijos, Dan!

    ResponderExcluir
  17. Daniel.

    Soube agora que só se pode votar no meu blog até 22 horas do dia 11/12.

    Número 634 repetido 5 vezes,ok?

    Peça a todos e vc também que votem muitas vezes hoje,pois é o último dia!

    Beijinhos

    Dryka



    Blog Suas Histórias Nossas Histórias

    ResponderExcluir
  18. Olá Daniel
    Quantos irmãos mais velhos tiveram que abdicar de seus sonhos para assumir responsabilidades desde a mais tenra idade. Mas isso os torna fortes com algumas ranhuras mão nem por isso infelizes, apenas tiveram que amadurecer antes de viver cada fase da vida na sua plenitude.
    Uma tarde abençoada
    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Oi Daniel,
    Obrigada pela visita!
    Parabéns pelo blog.Muito bom.
    A precocidade chega cedo pra quem é irmão mais velho...
    Bjs!

    ResponderExcluir
  20. Rapaz, me lembrei de um famoso irmão mais velho que tinha um irmão mais novo que entrou para a histórica com o estranho nome de: "Filho Pródigo."
    *
    Ótimo texto! Não tive um irmão chamado "filho pródigo", mas a minha infância e a adolescência foi bem assim.
    *
    Abraços, poeta!

    ResponderExcluir
  21. Andre.

    Terminou às 22 h d hoje,dia 11/12,a votação para o melhor blog de 2013.

    O resultado sairá dia 14,meu aniversário.

    Estou agradecendo a cada amigo que votou em mim.E você foi um deles.

    Mesmo que eu não vença,ficará gravado em meu coração a amizade e apoio de quem me quer bem e que está sempre presente no meu blog.

    Deus o abençoe,amigo.

    Beijinhos e linda noite

    Dryka





    Blog Suas Histórias Nossas Histórias

    ResponderExcluir
  22. Não há escolha...mas há compromisso...lindo meu menino grande, beijo estalado na testa!

    ResponderExcluir
  23. Não deixando de ser uma bela poesia; é também uma linda (meio penosa) história; muitos irmãos mais velhos deixam de viver a infância p/ cuidar de irmãos mais novos! Abraço! Parabéns!

    ResponderExcluir