9 de fevereiro de 2014

Fruta do pecado



Dessa fruta escarlate,
Chegarei ao mesocarpo,
Descascarei a castidade,
Sem importar o pecado.

Suculento influxo genital,
Germina a libido da paixão,
Latejante sol vermelho,
Mapeando a proibida região.

O mundo há de pressionar,
Pela tão esperada mordida,
Os frutos cairão do pé,
Mas é o tempo quem determina.

Maçã pecadora do Éden,
Resplandece novos conhecimentos,
Liberta ocultas verdades,
De um amor sem julgamentos.

Dan André