21 de abril de 2018

Astronauta espiritual

Sou um astronauta espiritual
navego de escafandro
numa gôndola opala
remo entre estrelas
formo constelações
desenho galáxias
e nesse mergulho cósmico
de explosões e nascimentos
procuro um lar
para descansar
aprender
evoluir
amar.

Daniel André

10 comentários:

  1. Boa tarde! Passando para conhecer o seu blog, gostei bastante! E gostei bastante dos versos também, acho que todos nós, de certa forma, somos astronautas espirituais.
    Tenha um ótimo sábado.

    ResponderExcluir
  2. Olá, Daniel!
    "Remo entre as estrelas"... fazemos assim para aliviar tensões cotidianas e melhor vivermos...
    Procurar um abrigo, um lar, um porto seguro é nobre sentimento do coração reto.
    Seja muito feliz e abençoada junto aos seus amados!
    Abraços fraternos de paz e bem
    http://espiritual-marazul.blogspot.com.br/2018/04/amor-azul-enlacado.html

    ResponderExcluir
  3. Olá Daniel! Vim agradecer sua visita e o comentário que deixou. Amei seu blog, já estou seguindo, aqui encontrei lindas postagens , amigos que seguem meus blogs e com certeza voltarei mais vezes. Fique a vontade para seguir os meus, seja bem vindo. Abraços, feliz fim de semana.

    ResponderExcluir
  4. Muito obrigada pela visita ao meu canto.
    Gostei muito das suas reflexões/versos.

    Um bom dia para si!
    Manu

    ResponderExcluir
  5. Bom dia Daniel,
    Obrigada pela sua visita e cometário.
    Gostei imenso do seu poema. Também sou uma amante de poesia.
    Beijinhos e bom domingo.
    Ailime

    ResponderExcluir
  6. Daniel
    obrigada pela visita ...
    gosto de poemas simples e facilmente interpretativos!
    Passarei mais vezes!

    ResponderExcluir
  7. Evolução é o caminho.
    Bonito seu poema.
    Prazer em conhecer seu blog.
    janicce.

    ResponderExcluir
  8. Oi Daniel! Passando para agradecer a tua visita e amável comentário, assim como apreciar este teu belo poema. Pequeno na estrutura, porém gigante na profundidade. Parabéns!

    Abraços,

    Furtado

    ResponderExcluir
  9. Pequeno em extensão, mas de uma clarevidência qualitativa incrível e apaixonante! Abraço.

    ResponderExcluir