19 de março de 2015

Ao amor !


Bem vindo amor,
Encontre-me
Entre, me liberte
Deixe que eu seja teu
Chama-me de “meu”
É o meu amor,
É o seu amor,
Que devem se encontrar.

Bem vindo amor,
Durma aqui,
Do meu lado
Ouvindo sua respiração
Acorde em mim,
Beijo-te, me beija
Quero-te tanto...

Ao amor, e sua completude,
Que se propague,
Encante-me
E darei eternos versos
Da alegria de amar
Um brinde especialmente,
Ao amor!

Daniel André