5 de junho de 2012

Enquanto dorme.


És a antologia romântica
dos lindos noturnos versos
quero te envolver nos sonhos
e ser o teu universo.

Cochila de bruço na cama
um convite a te abraçar
observo teus sorrisos
e canto para te ninar.

Namoro seu relevo
dorme e me encanto
a gota do nosso recanto.

Beijo a sua testa
abraços emocionados e fortes
minha estrela da sorte.

Daniel André