31 de outubro de 2013

Depois da festa.



Sentado no meio do salão vazio,
Perdido entre confetes e serpentinas,
Segurava-me consciente no copo de uísque.

Engolia a última gota de saudade,
Que sentia correr todo o meu corpo,
Como os anos que já corriam de mim.

Comi meu pedaço de torta de maracujá,
Mastigando as lembranças azedas,
Do recheio das imagens de outras épocas.

Estourei as bexigas carregadas de mágoas,
Outras ganharam a liberdade da janela aberta,
Eram meus amores, o meu amor, a minha paz.

De presentes ganhei mais rugas e experiências,
E a percepção da autoridade do senhor tempo,
Um professor invisível que nos acompanha.

Alguns dos convidados que me abraçaram,
Senti a verdadeira essência da amizade,
Outros, o interesse em oportunidades.

Depois da festa, tudo são momentos,
Repetidos nas páginas de um grande livro,
Que chamamos pelo nome de vida.


Daniel André





14 comentários:

  1. Boa noite Daniel

    Olha Amigo.. Lindo de mais este poema... deixou-me emocionada... parece um real acontecimento..
    Adorei.

    beijo
    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  2. Olá Daniel
    Sem comentários. BRAVO!!!
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  3. ..e vamos vivendo
    um
    dia
    de
    cada
    vez
    (em versos e ao inverso)

    abç

    ResponderExcluir
  4. Oi Daniel! Seu poema é maravilhoso, é uma ótima reflexão sobre a vida.

    vestido-de-papel.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Lindo demais seu poma,Daniel.

    É um poeta,querido amigo.

    Coloquei seu blog no mosaico de parceiros do meu para divulgar.

    Está como um post comum com esse título.

    Beijinhos e parabéns!

    Dryka



    Blog Suas Histórias Nossas Histórias

    ResponderExcluir
  6. Nossa Dan que poesia intensa, tão cheia de verdades. Uma linda inspiração meu querido, simplesmente linda! Passa lá no blog que postei um poema que sei vc vai gostar. Beijo grande meu lindo.

    ResponderExcluir
  7. Boa noite Meu Poeta.
    Faz algum tempo que assisti um filme para análise, um trabalho de meu curso de formação de professores. Não lembro o nome, a professora de Didática da Linguagem me pediu pra ficar com meu trabalho depois de comentar pra turma toda e o mesmo fez com os demais trabalhos.
    Mas, voltando ao filme, nele havia um professor que depois de muita luta e estratégias para fazer seus alunos querer aprender e ser muito melhores na vida resolveu fazer um bolo e no bolo foram colocadas velas depois de acesas, elas representavam um desejo a ser alcançado.
    Portanto, se um dia eu comemorar meu aniversário será pelo que ainda desejo alcançar e não pelo que passou.
    Amei demais!
    Beijão na sua testa linda.

    ResponderExcluir
  8. O tempo é mestre mesmo. Ótimas palavras Daniel! Abraços!

    ResponderExcluir
  9. oi Daniel

    A gente precisa mesmo estourar as bexigas carregadas de mágoas, pq elas são um peso.
    Precisamos tb valorizar os amigos, pois hj em dia os verdadeiros são raridade.
    E qdo as lembranças azedas vieram, pense só em coisas boas, afinal passado é passado e ele não volta.

    tenha um maravilhoso fds =)

    ResponderExcluir
  10. Um poema extraordinariamente maravilhoso sobre a vida, sobre o tempo esse grande mestre que tudo nos ensina, tanto nos dá, e tudo nos tira.
    Mas ficam grandes instantes inesquecíveis.
    Mas você já tem idade para falar de rugas?...:-)
    Gostei muito. Você escreve com muita sensibilidade.
    xx

    ResponderExcluir
  11. Belo poema amigo !
    Falar sobre as coisas da vida é muito interessante... e você se expressou muito bem através deste grande escrito !

    Beijos !

    Fernanda Oliveira

    ResponderExcluir
  12. Olá Daniel, e que tudo esteja bem!

    Assim é seguir aprendendo com esta dádiva que nos é doada, ainda que não tenhamos uma maneira de perpetuar os felizes momentos, estes devem ser vividos com toda intensidade que nos é permitida!

    E cá estou eu, agradecido por tua deveras gentil visita e comentário, venho retribuir sua visita e me encantar com este teu belo espaço de intensos pensamentos escritos,
    Parabéns pelos sentimentos expressados, e de muito bom gosto deveras!
    E grato eu me vou, e, claro que sempre com a pretensão de retornar mais vezes, deixando além do meu rastro, o meu desejo para que tenha sempre em teu viver esta felicidade intensa, um abraço e, até mais!

    ResponderExcluir
  13. Olá Daniel.

    Muito reflexivo o seu poema. Parabéns pelo talento!

    Obrigada pela presença no ATITUDE! Fiquei feliz ao ve-lo lá. Grata!

    Beijos e uma linda noite pra voce

    ResponderExcluir
  14. Fragmentos q só pessoas q têm história para contar ... a Vida, o Tempo, as Lembranças ... tudo isto se traduz nesta emoção pura e autêntica ... por favor ... mais uma dose deste seu uísque ...

    ResponderExcluir