15 de setembro de 2013

As folhas secas de outono

Enquanto as crianças brincam

Naquele gramado aveludado,

Caem as folhas secas de outono

Deixando o meu quintal enfeitado.


Minhas ideias estão se espalhando,

Como as folhas das árvores no chão

No meio da mata me atiça um desejo

Idêntico a noite querendo reclusão.


O amarelar do verde em meu redor

Transformou-me numa semente de renovação

Em outono colhemos os bons frutos

Plantados em algum coração.


Enquanto as crianças continuam brincando

Vou me permitindo essas mudanças

Essa aurora boreal do meu espírito

Que faz crescer galhos de esperanças.


Daniel André



PS: A fotografia foi captada pelo meu grande amigo fotógrafo Nil Barros, na cidade de Nova Friburgo, região serrana do interior do Rio de Janeiro.
 


29 comentários:

  1. Olá, Daniel!

    Li seu poema, em forma de quadras, e mais uma vez falar de natureza, sempre fica bem, quer na oralidade, quer na escrita, e a leitura fica bem agradável.

    O Outono está quase partindo, aí, e a bonita Primavera chegando, com toda a sua beleza, encantamento e renovação.

    Continue sendo criança, pois seus olhos serão sempre limpos, apreciadores e puros.

    Nada tem a ver, com seu poema, mas me deixe dizer que gosto sobremaneira do design de seu blog. Claro, estético e intelectual. Adoro esses óculos, aí.

    Boa semana.

    Um abraço da Luz.

    PS: Dani, eu só poso postar de duas em duas semanas, por motivos profissionais. Sou professora e tenho muito para fazer.
    Uma vez, posto no "Luzes", como foi o caso de ontem, e outra, no "Afetos. Para dar conta e atenção aos meus seguidores, costumo fechar a opção comentários no blog, que já foi comentado. Não consigo, em simultâneo, agradecer a todos os que me visitam e comentam, nos dois blogs.

    Você posta com muita frequência, o que é bom, porque alivia nosso espirito e imaginação.

    Lindo dia, para você.

    ResponderExcluir
  2. Bom início de semana, amigo Dan!

    "O amarelar do verde em meu redor
    Transformou-me numa semente de renovação
    Em outono colhemos os bons frutos
    Plantados em algum coração."

    Adorei mesmo esta quadro, assim como o resto do poema. Devo dizer-te que andas verdadeiramente inspirado :)

    Muitos parabéns!

    http://planopalavras.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  3. Oi Daniel

    Nem toque esse nome de Aurora Boreal....
    Suas poesias estão cada vez melhores
    Tímido, um dia falou...você é um poeta
    Tenho homenagem
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  4. Show de poesia Daniel, amei. Bjus e feliz semana.

    ResponderExcluir
  5. Bom dia!!!
    Que legal, inspirador mesmo...
    Vc dá sentido pleno nas palavras, no jeito de usá-las de um maneira tão clara e evidente.
    A mensagem chega nítida.
    Gostoso de ler, sentir, entender.
    Eu não sei escrever assim e admiro quem o faça, vc é uma dessas pessoas.
    bjs
    Excelente semana
    Ritinha

    ResponderExcluir
  6. boa tarde
    passando e dei com este lindo postes meus parabéns pela escrita tão deliciosa de se ler bjs

    ResponderExcluir
  7. Daniel

    O poema vem muito a propósito do Outono que, aqui se avizinha, em mais um ciclo de renovação da natureza. Ninguém como um poeta terá sensibilidade, para este vai e vem de renovação de que a mãe natureza é humildemente pródiga,.
    Aderi o amigo aos meus contatos, com muito prazer. O meu blog principal é DANIEL MILAGRE.
    um abraço

    ResponderExcluir
  8. Olá Daniel,

    Nasci no outono e adoro o romantismo do alaranjado das folhas estampando a paisagem. Costumo dizer que me visto de todas as estaçoes mas é o outono que me revela...

    Amei aqui e adorei a descrição inicial do blog.
    Concordo plenamente pois é a impressão perfeita que tenho do poeta.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  9. Linda semana par nós todos Daniel.
    Muito bom te-lo la no Espelhando.
    E saiba não ha uma poesia melhor que a outra
    ou um poeta mais que outro. Poesia é encantamento
    sempre.
    Bjins
    Catiaho Alc.

    ResponderExcluir
  10. Olá DANIEL,

    sou seu mais novo seguidor.

    Pretendo ler, cuidosamente todo o seu blog ,agradecendo antecipadamente, a sua generosa atenção.

    E pensando bem, entre nó e as crianças só pontifica uma diferença a de que enquanto crianças ralamos os joelhos e depois de adultos, machucamos a alma.

    Um abração carioca.

    ResponderExcluir
  11. Boa tarde Daniel.. ficam deslumbrantes os versos que rimam desta maneira na segunda e quarta linha.. fiz bem poucos deste tipo.. mas dão uma boa sonoridade.. muito bom a descrição do outono.. é o meu mes preferido.. ainda mais aqui no sul.. que o inverno me quebra.. lindo dia garoto

    ResponderExcluir
  12. BOA NOITE QUERIDO !
    O FOLHAS DE OUTONO SE DÁ A HONRA DE VISITAR O GAGO POÉTICO E SE DESLUMBRA NA MAIS PURA POESIA ONDE O OUTONO FAZ SUA NATUREZA SE DESFOLHAR...
    BJS DE AMIZADE!

    ResponderExcluir
  13. Oi,Daniel, que linda tua poesia e me viu naquele quintal vendo as folhas de outono caindo. Muito lindo!! abraços,chica e tudo de bom!

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo joia?!
    Está lindo seu blog, já estou te seguindo...
    Segue o meu tbm, eu iria adorar!!!
    http://manyelly.blogspot.com.br/
    http://www.pinterest.com/manyelly/
    Sucesso para você!!!
    Bjo

    ResponderExcluir
  15. Menino, você deixou o outono mais lindo. Parabéns pela sua pagina também. Estou encantada com tamanha sensibilidade. Abraços, Lívia.

    ResponderExcluir
  16. Seu blog é um encanto!
    Tudo lindo e de muito bom gosto.
    Se puder dá uma passadinha no meu e segue também se gostar.

    Beijos
    Ani

    HTTP://cristalssp.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Oi Daniel, seu blog é fantástico e seus poemas encantadores.
    Adorei!
    Abraços!

    www.senhordoseculo.com

    ResponderExcluir
  18. Olá, Daniel
    Vi seu perfil no Google+ e senti curiosidade em conhecer seu blog.
    Gostei imenso de seu poema, especialmente a primeira quadra.
    Fiz-me sua seguidora, e vejo aí bastantes contactos meus.
    Voltarei sempre que for possível. Entretanto, se quiser me visitar, dar-me-á muito prazer.

    Beijinhos

    Link para o meu blog principal
    Mariazita

    ResponderExcluir
  19. Oi Daniel!

    Parabéns pelo poema...

    http://aesperadoprimeiroape.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Nossa!!! Sempre fui fissurado por pessoas que possuem o dom da escrita e das palavras...

    Admiro a forma como colocas as frases... é como dar vida ao sentimento, de maneira que se torna quase palpável!

    Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  21. Muito bom seus poemas!

    Obrigada pela visita!

    Beijocas

    ResponderExcluir
  22. Gosto de poemas que tem crianças,
    a infância é um estágio que deveria demorar
    pra passar...

    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Muito bonito!
    Obrigada pela visita no blog! Um abraço!

    ResponderExcluir
  24. Olá!amei seu blog !!!admirável fazer poesias e poemas, ja escrevi também tem que ter o dom!!
    Estava visitando blogs e vim conhecer seu cantinho...Parabéns pelo espaço e muito sucesso no seu blog...Te seguindo com os meus dois emails franci e obrfranci!!


    Se puder seguir de volta e curti!! ficarei muito feliz por te ter em meu cantinho também!!
    http://francimakeup.blogspot.com.br/

    http://francimakeup.blogspot.com.br/
    linda quinta!
    bjos

    ResponderExcluir
  25. Lindo demais!!!!
    Q talento Dan...
    Bjssd

    ResponderExcluir
  26. Olá, amigo Daniel
    Fiquei muito feliz com a sua presença no meu espaço, e com suas tão lindas palavras.
    Lamento que tenha passado por essa fase de depressão e tristeza, que espero, sinceramente, tenha sido ultrapassada.
    Ainda bem que optou por criar um blog e assim dar a conhecer o seu trabalho. Nós, que o visitamos, é que ficámos a lucrar…
    Eu também adoro escrever. Descontrai-me imenso, leva-me para outros mundos onde me sinto muito bem. Escrevi e publiquei um livro, e presentemente estou escrevendo outro, que já vai adiantado. O tempo é que nem sempre é muito…

    Desejo que seu Domingo seja óptimo, assim com o finalzinho de Sábado.
    Beijinhos de sua amiga
    Mariazita
    (Link para o meu blog principal)

    ResponderExcluir
  27. Olá!Bom dia
    Daniel
    Bela escolha da fotografia, do Nil, e belo poema
    ...bom seria a vida se vivêssemos eternamente crianças e sempre com pensamentos bons... a inocência já não existe mais, por mais que a gente queira... o verde ficou amarelo.Crescer pode doer, mas o mais importante é saber que possamos aprender a trazer a nossa memória coisas que nos dão esperança, sabemos que a nossa vida não se limita aquilo que vivemos aqui, mas que aguardamos a vida por vir e que sempre terá pessoas ao seu lado para encorajar à sempre seguir em frente , nunca desistir de nossos sonhos e à sempre recomeçar quando preciso...
    Agradeço pelas palavras em meu blog
    Obrigado!De coração!
    Belo domingo
    Abraços

    ResponderExcluir
  28. Que grande alegria poder encontrar nesse espaço tanta doçura e palavras que fazem o ser humano sentir que é possível através da poesia abrandar os corações e cultivar a essência muitas vezes "adormecida" dentro de nós mesmo, como sementes que precisam de terras férteis para brotar e encantar a todos!
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir