14 de março de 2013

Excessivo



















As juras mais fortes consomem-se no fogo da paixão como a mais simples palha.
                  William Shakespeare

Sou a reencarnação exagerada
da poesia e lirismo profundo
a versão mais afável do homem
capaz de trazer o mundo.

Sou um espectro de luzes
penetrando na sua carne carente
trago flores e prazeres
no teu corpo, sou poente.

Na forma mais nobre
protejo-te como um cão fiel
teu guarda costa, teu suspiro
todo tempo te levo ao céu.

Excessivo como o oceano
em profundidade e sedução
dentro de ti eu me perco
nas suaves ondas da paixão.

Daniel André 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sintonia iluminada

As batidas de meu coração renasceram com seu olhar iluminou todo o corpo pulsando vida, feliz está. Em teus olhos iluminados ...