31 de janeiro de 2012

Unidade na diversidade


O mundo e suas tribos
quadrado em tiranias
no meio a justiça
na inercia dos dias.

São intolerâncias absurdas,
racismos e preconceitos
deuses que não se cruzam
gerando desrespeitos.

Deus é único, é amor:
aprendam filhos de Gaia!
Para as guerras religiosas
eterno coral de vaias!

Melanina não é caráter
gênero vai além do cultural
humanos complicados
codificados num espiral.

A lei maior é o amor
e a prática da bondade
mãos a tolerância
e abraçando a diversidade.

Daniel André